domingo, 7 de julho de 2013

Meu cão ou gato fugiu !!!!!

Primeiramente devemos evitar que nossos amiguinhos fujam de seus lares. Alguns cuidados básicos podem evitar isso, pois as ruas oferecem inúmeros perigos: atropelamentos, envenenamento, agressões, brigas com outros animais, etc.

Cães (dicas):
  • Se o cão fica solto na casa, na hora de abrir o portão principal, passe rente à ele, evitando que o animal tenha alguma abertura para sair pra rua. E sempre fale: "pra lá, não pode", para que com o tempo, ele associe que não deve insistir para sair na hora que as pessoas passam pelo portão.
  • Deixar uma guia amarrada em algum lugar para prender o cão momentaneamente na hora de entrar e sair o carro ou moto ou mesmo passar móveis, material de reforma pelo portão maior da casa.
  • Colocar um portãozinho em uma área da casa para que o cão fique naquele local na hora de entrar e sair o carro ou moto ou mesmo passar móveis, material de reforma pelo portão maior da casa. 
  • Contratar um adestrador para ensinar o cão a não sair da casa mesmo quando o portão estiver aberto (mas se o animal não for castrado, seu instinto falará mais alto se tiver uma cadela no cio por perto).
  • Castrar seu bichinho evita a ansiedade de sair pelo mundo afora à procura de satisfazer seus instintos de procriação e demarcação de território.

Gatos (dicas):
  • Colocar nos portões uma telinha para evitar que o bichinho passe pelas aberturas e saia pra rua.
  • Aumentar o muro da casa (se for muito baixinho) ou colocar um reforço a altura com tela.
  • Castrar seu bichinho evita a ansiedade de sair pelo mundo afora à procura de satisfazer seus instintos de procriação e demarcação de território.




Independente dos cuidados, todo animal deve ter uma coleirinha com uma medalhinha de identificação, que pode até ser aquelas plaquinhas identificadoras de chaves, pois isso facilita muito, caso aconteça uma distração ou situação que
possibilite ao animal uma fuga para a rua.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo :-)